Ensina-me a Viver

Teatro das Artes

Ensina-me a Viver narra o encontro amoroso entre Harold e Maude.
Harold é um senhor de quase vinte anos, obcecado pela morte.
Maude é uma menina de quase oitenta anos, apaixonada pela vida.
Sensível, inteligente e rico, Harold não conheceu o pai. Convive com uma mãe indiferente e autoritária, numa relação desprovida de qualquer contato afetuoso. Atormentado, Harold tenta chamar a atenção materna simulando tragicômicas tentativas de suicídio.
A quase octogenária Maude, ao contrário, tem uma paixão incomparável pela vida. Aproveita cada segundo de sua existência como se fosse o último.
O contato entre esses dois não poderia ser mais inusitado e improvável, mas quando se encontram, a sintonia é imediata. Maude, cheia de alegria e positividade, ensina ao deslocado Harold os prazeres da vida e da liberdade.
Ensina-me a Viver é uma tocante e bem-humorada história de descobertas, que leva o espectador a acreditar que simplificar a vida é o melhor caminho e que o amor continua sendo o melhor remédio.


Texto: Colin Higgins
Tradução: Millôr Fernandes
Direção e Adaptação: João Falcão
Elenco:
Glória Menezes – Maude
Arlindo Lopes – Harold
Stella Maria Rodrigues – Helena Chasen
Fernanda de Freitas – Silvia Gazela, Nancy e Dora Alegria
Antonio Fragoso – Tio Vitor, Dr. Matias, Padre Finney,  Inspetor Marcos e Caçapa
Elenco de Apoio: Verônica Valentim, Guilherme Siman, Walisson de Souza e Ricco Viana
Cenografia: Sérgio Marimba
Figurino: Kika Lopes
Iluminação: Renato Machado
Trilha Sonora: Rodrigo Penna
Projeto Gráfico: Dulce Lobo
Assistente Direção e Direção de movimentos: Duda Maia
Primeira Página Produções
Gerente de projetos: Paula Salles
Produção Executiva e Administração do Espetáculo: Luciano Marcelo
Direção de Produção: Maria Siman
Idealizador do projeto: Arlindo Lopes
Realização: Primeira Página Produções Culturais     
Produtores Associados: Glória Menezes, Arlindo Lopes e Maria Sioman
Classificação Etária: não recomendado para menores de 12 anos



17 comentários
  • Deixo um recado para os frequentadores de teatro em relaçao a Ensina-me a Viver.
    Não fique prorrogando para ir ver está peça, as pessoas não imaginam o que estão perdendo de ver a aprender nas quase duas horas de espetaculo.
    Dou meus parabéns a todo o elenco que contagia a plateia por todo o tempo.
    Assisti por duas vezes em um espaço de dois meses e a emoção foi a mesma e indo novamente com certeza mais uma emoção.
    Como retornaram novamente, estou fazendo o boca a boca para quem não foi, é realmente imperdivel.
    Quem eu indiquei e foi só me agradece, esta realmente é para indicar somente aos amigos.
    Um abraço a todos envolvidos na peça e parabéns pela grande realização.

    Marco Antonio

  • Eunice Gonçalves Rodrigues disse 1 de fevereiro de 2011 às 17:39

    Há alguns anos atrás assisti ao filme de mesmo nome “Ensina-me a Viver”. Marcou-me profundamente. Quando a peça entrou em cartaz no Tuca ,não consegui ingresso.Agora reservei com antecedência e fui com quatro amigas. Adoramos.Os atores são todos fantásticos e as entradas e saídas dos atores para mudanças de cenário, para mim são verdadeiras inovações. Parabéns para todos

  • Tive a oportunidade e o prazer de assistir pela segunda vez este espetáculo, é um espetáculo mesmo. Ficamos encantados e maravilhados com os atores, vivem os papéis tão intensamente que aos mesmo tempo que rimos também nos emocionamos muito, a verdadeira felicidade está na simplicidade do nosso cotidiano. Lindo, não dá pra dizer em palavras o que sentimos, só vendo. Vejam!!!

  • Estou louca para ver este espetáculo….Queria saber o horário
    da bilheteria para comprar os ingressos…..

  • Lígia, a bilheteria abre, de terça a domingo, às 14hs e funciona até 20 hs. , nas terças e quartas e de quinta a domingo, fica aberta até o início dos espetáculos: 21hs ou 21:30hs, nas sextas feiras.

  • Gloria nossa que peça maravilhosa,estou encantada,
    parabénsssss para todo o elenco…….
    muito bom.
    bj

  • Katherine Schott disse 13 de março de 2011 às 13:49

    Imperdível!!! Simplesmente imperdível! Aos que não foram, corram! Não deixem de reservar lugar para esse evento. A peça é contagiante, os atores brilhantes em seus papéis para lá de marcantes! Um encantooooo!!! Eu recomendo!
    Parabéns, mil vezes parabéns ao elenco, produção, direção, etc…. A todos vcs o meu MUITO OBRIGADA por uma noite tão gostosa! rs

  • Assisti a essa magnífica peça hj a noite no teatro do CEU Cidade Dutra, fui transportada a um mundo maravilhoso, onde ri muito, analisei e pensei em td o q foi passado por atores maravilhosos e me emocionei tbém, pois a grande interpretação da Glória Menezes e de Arlindo Lopes foi DEMAIS. Obrigada!!! Eu recomendo!!!

  • Hoje, dia 11/06/2011, acabei de ter a experiência mais incrivel da minha vida!!! Ainda não tinha tido a oportunidade de ir a um teatro, mais essa oportunidade surgiu e pude assistir ENSINA-ME A VIVER no CEU Campo Limpo. Foi simplesmente incrivel… Poder ver a Glória Menezes e o Arlindo Lopes tão de perto, com tanto amor foi inexplicavel!! Recomendo a todos que assistam pois é maravilhosa!!! Encontrei mais uma paixão na vida!!!

  • amei ver gloria menezes e todo o elenco .

  • Tive a oportunidade de assistir este espetáculo no Céu São Rafael, de graça. Fiquei encantada com a estória, a entrega dos atores, tudo muito especial. Uma atenção a mais à interpretação do Arlindo Lopes, Glória Menezes é uma estrela, todos sabemos, mas esse garoto (rs) também foi demais, me emocionou muito. Parabéns à todos.

  • gilvaneide frazao silva disse 30 de agosto de 2011 às 23:14

    nunca eu tinha ido ao teatro , mim enmosione, com a hitoria de moud e reld, lindo

  • Denize Amaral Guimarães disse 3 de setembro de 2011 às 14:03

    A melhor peça de todos os tempos, emocionante, divertida e profunda, arrancou-me lágrimas ao “gran finale”… O elenco é impagável e a direção surpreende a cada momento. Assistam e me digam…Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!…!!!!!!!!
    Denize

  • creio que a peça desviou no final do roteiro original. o fimle é ensine-me a vicer, não ensine-me COMO viver. o roteiro original é simples, mas a peça que eu assisti aqui tem temperos adicionais desnecessariamente. o tema central é ajudar um rapaz como ver/enchergar a vida pela simplecidade (pela o que a vida é) da vida mesma, nada mais ou menos. Na peça, aqui no brasil, o menino é as vezes neuratica e a Gloria Menendez parece aproveitadora. Sobretudo, foi um trabalho bem feito, tirando esses defeitos.

  • Fiquei emocionada ao ver a peça. Tocou-me bem no intimo as indiferenças da vida. Ao mesmo tempo nos remete a afetividade, ao amor e o valor

  • Maria Joséde Freitas disse 17 de outubro de 2011 às 16:11

    Assisti a peça e fiquei maravilhada, o elenco, as interpretações, a segurança dos atores. Tudo foi simplesmente lindo. Recomendo e levarei minha família para assistir. Imperdível.

  • Adriana Santos disse 1 de junho de 2012 às 23:09

    Eu e minha amiga assistimos hoje dia 01/06 a peça no Céu navegantes…. Simplesmente perfeita a peça. O elenco fantastico… Obrigada Gloria e elenco pela oportunidade.. Estamos maravilhadas… PArabéns

Deixe seu comentário