Alices

Sala Marília Pêra

O encontro inesperado de duas mulheres desperta suas memórias e relatos de violências sofridas em seus relacionamentos. Inédito no Rio, Alices foi escrito por Jarbas Capusso Filho e inspirou a montagem homônima que tem direção de Leo Gama. A partir do texto original e relatos das atrizes Mitzi Evelyn e Carolina Stofella, o espetáculo traz à tona o debate sobre a violência e impunidade contra as mulheres no Brasil. A estreia será no dia 16 de maio, no Teatro do Leblon. A temporada terças e quartas, às 21h, até 28 de junho.

 

 

Em janeiro de 2010, em Belo Horizonte, Maria Islaine de Morais, de 31 anos, estava trabalhando quando for surpreendida pelo ex-marido, que a matou com sete tiros. Antes do crime, ele já havia ameaçado diversas vezes a vítima, que registrou pelo menos oito boletins de ocorrência contra ele. Comovido com este brutal assassinato, o dramaturgo e roteirista Jarbas Capusso Filho resolveu escrever sobre a violência contra as mulheres.

 

 

Em 2012, a atriz Mitzi Evelyn se encantou com o texto de Capusso e convidou a atriz Carolina Stofella para participar do projeto, até então inédito no Brasil. “A peça aborda o tema de forma contundente, porém poética e lúdica. Queremos chamar atenção do público para uma reflexão sobre a violência que ainda destrói tantas mulheres”, destaca a idealizadora.

 

 

Para dirigir o espetáculo, Mitzi convidou Leo Gama, que trabalha na TV Globo há 30 anos e atualmente é Gerente Artístico de Pesquisa de Criadores, que abrange o corpo criativo da emissora com autores, diretores e assistentes de direção. Esta será sua estreia no teatro, como diretor. “Adaptamos o texto original a partir de um intenso trabalho feito nos ensaios, onde as atrizes buscaram em suas memórias vivências que trouxeram verdade à peça”, destaca Gama, que também assina a adaptação.


Texto: Jarbas Capusso Filho

Direção e adaptação: Leo Gama

Elenco: Mitzi Evelyn e Carolina Stofella

Iluminação: Aurélio de Simoni

Cenografia: Pati Faedo

Figurinos: Marie Salles

Trilha original: João Paulo Mendonça

Preparação de elenco: Ana Abbott

Visagismo: Deborah Rocha

Direção de produção: Rafael Fleury

Coordenação geral: Márcio Costa

Assistente de direção: Carolina Taulois

Iluminador assistente: Guiga Ensa

Contrarregra e ass. produção: Luis Felipe Cardoso

Operador de luz: Jarbas Sardinha

Operador de som: Rafael Fleury

Alfaiate: Bené Cardoso

Bordadeira: Ale Miranda

Costureira: Fafá Casado

Pintura em tecido: Piscila Pires

Foto Still: Serginho Carvalho

Programação visual: Thiago Ristow

Assessoria de imprensa: Bianca Senna

Standins: Ana Abbott e Carolina Taulois



Nenhum comentário

Deixe seu comentário