Amor e Ódio em Sonata

Sala Fernanda Montenegro

DE VOLTA AO BRASIL O ESPETÁCULO BRASILEIRO ENCENADO NA RÚSSIA, A CONVITE INÉDITO DO GOVERNO RUSSO, DA EMBAIXADA DO BRASIL EM MOSCOU E DA FAMÍLIA TOLSTÓI!

“Há muito tempo não via um espetáculo tão intenso e elegante. O público fica imantado. Trabalho de filigrana. Ver pessoas tão jovens fazendo tal escolha me deixa absolutamente comovida”. Fernanda Montenegro – atriz

“Ficamos muito felizes ao saber que no Brasil uma cia estava em cena com o maior drama de Tolstói – sua própria vida. A paixão do espetáculo traduz a beleza da história entre Sônia e Tolstói. Foi esta a razão de trazê-los à Rússia”. Vladímir Tolstói – Trineto do escritor Leon Tolstói e assessor de cultura do Presidente da Rússia Vladimir Putin.

“Brilhante espetáculo, inacreditável sincronização com a alma russa. Um empreendimento que mais uma vez confirma como perto e ao mesmo tempo longe estamos um do outro. Perto porque conseguimos fazer chorar russos com uma obra produzida no Brasil e longe porque estes momentos são muito, muito raros”. Alexander Medvedovsky – Diretor do “Voz da Rússia”

“O espetáculo fez parte da agenda oficial do Brasil na Rússia. O reconhecimento efusivo do povo russo, com aplausos em cena aberta, gritos de bravo e longa salva de palmas ao final, abrem as portas do teatro brasileiro na Rússia. Amor e Ódio em Sonata realizou um feito, e de forma exuberante!” Antônio Guerreiro – Embaixador do Brasil na Rússia

“O texto de Leonardo Talarico merece ser considerado brilhante, tal a profundidade que atinge no retrato de duas personalidades tão complexas e diversificadas. Talarico impõe a cena um desenho sofisticado, investindo no trabalho das interpretes, com ambas as atrizes exibindo impecáveis performances, afora uma visceral capacidade de entrega às personagens”. Lionel Fischer – Crítico e jurado Prêmio Cesgranrio e APTR

“Os aplausos seguidos de gritos de bravo que encerram a fruição coroam os bons trabalhos respectivamente de dramaturgia, interpretação e direção. Aplausos e votos de vida longa!”. Rodrigo Monteiro – crítico e jurado do Prêmio APTR

“Talarico merece destaque. Os silêncios, o tempo e a trilha, tudo está a favor de seu trabalho. Os vestidos de época remetem a uma pesquisa de concepção e de arte de encher os olhos. É possível ver Tolstói entrando por uma das coxias…”. Crítica Rio no Teatro

“O resultado é recompensado pela aceitação do público, que reconhece no texto e na montagem, gêneros teatrais cada vez mais raros no mercado. É um mergulho no passado, com cuidados no figurino, na iluminação, e nas atuações. Tanto Juliana Weinem quanto Amandha Monteiro se conduzem com empenho que possibilita que suas personagens se tornem credíveis. Auxiliadas pelos truques do texto, manipulam os fios narrativos, puxando-os nos momentos que sabem poder agarrar a platéia”. Macksen Luiz – crítico do jornal O Globo

“Magnífico espetáculo. Duas atrizes em interpretações arrasadoras e emocionantes!” João Madeira – jurado do Prêmio Shell

“As atrizes defendem com garra seus papéis. Emoções e penas bem contemporâneas; o público deverá prestigiar”. Ana Lúcia Vieira – Jornal do Brasil

“Impressionante, forte, contundente, denso, delicado, emocionante é o texto de Talarico. Há em cena uma entrega pouco vista em nossos tablados”. Cláudio Handrey – Revista Gypsy

SINOPSE
Baseado em uma história real, o espetáculo Amor e Ódio em Sonata retrata a conturbada vida social, política e conjugal do escritor russo Leon Tolstoi (1828-1910) por meio da rivalidade entre sua mulher, Sônia, com quem viveu por 48 anos e teve 13 filhos, e sua filha Sasha, a “voz autorizada” do escritor. No palco, ambas vivem na mesma casa, invisíveis em dois ambientes, com dois solos, um diálogo e uma futura partida trágica. Até a morte de Leon, mãe e filha viveram como inimigas. Por meio dos dramáticos e reais diários pessoais escritos ao longo dos anos, apresenta-se à plateia uma história fascinante e atemporal. Como viveu e sofreu um dos maiores escritores da literatura universal. Quem amou e por que fugiu de casa aos 82 anos para morrer num cômodo simples na estação de trem de Astapovo. Trata-se do mais intenso drama do consagrado escritor russo. Aquele que Tolstoi não logrou escrever, sua própria vida. Um casamento longo, treze filhos, traição, inimizades; uma filosofia a mudar o mundo. Amor e Ódio em Sonata: uma intensa viagem da “mulher de Tolstoi” ao “marido de Sônia”.


Concepção, Texto e Direção: Leonardo Talarico
Supervisão artística: Amir Haddad
Elenco: Amandha Monteiro e Juliana Weinem.
Voz em off: Luis Melo (Rede Globo de Televisão).
Cenografia e Figurino: Marcelo Marques
Projeto de Iluminação: Leysa Vidal
Assistente de iluminação: André de Carvalho
Trilha Sonora selecionada: Leonardo Talarico
Assessoria em comunicação: Lu Nabuco
Realização: Os Insubmissos, Companhia Critica de Teatro
www.osinsubmissos.com – facebook/osinsubmissos
E-mail: contato@osinsubmissos.com



Nenhum comentário

Deixe seu comentário