Ciranda

Sala Fernanda Montenegro

O texto narra a história das relações entre três gerações de mulheres de uma mesma família, apresentando visões e condutas completamente diferentes entre elas. Com uma lente de aumento, esses relacionamentos são retratados com humor ácido e ironia, levando às últimas consequências as diferenças entre mães e filhas.A trama gira em torno do universo feminino familiar durante quinze anos, através da relação de mãe, filha e neta, interpretadas pelas atrizes Tania Bondezan e Daniela Galli.

Ciranda surgiu da vontade da autora de falar sobre as ciladas que o destino pode oferecer e como isso pode ser muito engraçado pra quem está de fora e dramático pra quem vive essas questões. A diferença de convicções e o modo de encarar a vida são os pontos de partida nas relações dessas pessoas surpreendidas pela passagem do tempo e para onde ele as levará. O confronto e o limite familiar são testados por essas mulheres que se amam profundamente, apesar das diferenças.


Autora: CÉLIA REGINA FORTE

Direção: JOSÉ POSSI NETO

Elenco: TANIA BONDEZAN e DANIELA GALLI

Cenário e Figurino: FÁBIO NAMATAME

Iluminação: WAGNER FREIRE

Trilha Sonora: TUNICA TEIXEIRA e ALINE MEYER

Assistente de Direção: EDUARDO DE SANTHIAGO

Preparação Corporal: VIVIEN BUCKUP

Fotos: JOÃO CALDAS

Design Gráfico: VICKA SUAREZ

Coordenação de Produção: EGBERTO SIMÕES

Produtora: SELMA MORENTE



Nenhum comentário

Deixe seu comentário