Cruel

Sala Fernanda Montenegro

Uma mistura de drama e suspense, onde as características dos personagens mesclam ingenuidade, manipulação, egocentrismo e soberba. A história traz relações de amor e amizade, ódio e paixão, volúpia e desconfiança, entre outros sentimentos inerentes à natureza humana. Notadamente, a predominância da violência psicológica é uma marca na obra do sueco. Logo, Cruel apresenta uma destruição de mente pela mente.

Movido pelo sentimento de vingança, Gustavo (Reynaldo Gianecchini) é o vetor da história. Muito perspicaz e orgulhoso, ele desenha os acontecimentos e os conduz à direção em que premedita.

Adolfo (Erik Marmo) é um pintor inseguro, facilmente manipulado, mas sutilmente forte. Casado com Tekla, (Maria Manoella), uma bonita, sedutora e sagaz escritora, cai na armadilha do egocêntrico e cruel Gustavo, ex-marido de Tekla.

Ela, objeto de desejo dos dois (de formas diferentes), apesar de sua frieza e inteligência, é vitimada pela articulação mal intencionada de Gustavo.


Autor: AUGUST STRINDBERG

 

Direção e Adaptação: ELIAS ANDREATO

 

 

Elenco: REYNALDO GIANECCHINI, MARIA MANOELLA e ERIK MARMO

 

 

Cenário e Figurino: FÁBIO NAMATAME

 

Iluminação: WAGNER FREIRE

 

Trilha Sonora Composta: DANIEL MAIA

 

Direção de Arte: LAURA ANDREATO

 

Assistente de direção: ALINE MEYER

 

 

Preparação Corporal: VIVIEN BUCKUP

 

Preparação Vocal: EDI MONTECCHI

 

Fotos: JOÃO CALDAS

 

Programação Visual: VICKA SUAREZ

 

Produção Executiva: MAGALI LOPES

 

 

Coordenação de Produção: EGBERTO SIMÕES

 

Produtoras: SELMA MORENTE e CÉLIA FORTE

 



9 comentários
  • Marcelo Ferilles disse 10 de maio de 2013 às 10:56

    Ola Gianechine, voce é o maximo, adoro lhe ver na telinha, ja estou com saudades, quero muito assistir sua peça, mas o preço ta salgado, ainda mais na vida de um figurante, sou seu fã, fiz até um camisa, que vc autografou, obrigado mesmo, mostro ela para todos meus amigos, Deus o abençoe, quando preço ficar mais barato eu vou assistir, e se por acaso você, for dá alguns ingressos, lembre-se de mim, Marcelo , o da camsa, que falei que voce é meu dublê, suceso, saude e paz, fique com jesus sempre.

  • Marcelo Ferilles disse 10 de maio de 2013 às 11:06

    Reynaldo Gianecchini, grande ator
    Ele é de filme, de teatro e de novela.
    Yes, ele é otimo no palco e na tela.
    Não me canso de elogia-lo.
    Atencioso com os fãs, sua vida é bela.
    Lindo de cara, mas principalmente de alma.
    Deus o abençoou e lhe deu a cura
    O seu talento nos alegra, nos emociona.

    Grande ator e fez muitas novelas
    Inteligente e também muito engraçado.
    Amo fazer com ele figuração.
    Nas minhas orações ele nunca pode faltar.
    Ele muitas bençãos vai ganhar.
    Cada dia seja de alegrias.
    Cada dia felicidades possa ganhar.
    Hoje, e sempre tenha muita harmonia.
    Ideais possa todos conquistar.
    Nunca falte saúde,grana na sua vida.
    E que seja feliz, para sempre, nessa poesia posso deixar.

  • Marcelo Ferilles disse 10 de maio de 2013 às 11:14

    Sai de casa, coloquei a minha camisa preferida, camisa que fiz, em homenagem ao Reynaldo Gianecchine, dizendo que ele é meu dublê, e fui gravar Grande Familia, feliz da vida, meu produtor falou. – Montanha, (meu apelido) voce vai ser um churrasqueiro, – Que joia Nayro. Respondi.
    Logo depois o telefone toca, estavam precisando de um figurante, baixo e engraçado, para ser um palhaço, lembraram de mim, até o momento não sabia que era a novela Guerra dos Sexos, quando cheguei no studio, era Guerra dos Sexos, e com quem com Reinaldo Gianecchini, eu e ele de Palhaço, eu coloquei a fantasia, e a blusa por baixo, logo depois gravamos, a cena, que quase não apareci, bem longe, mas só em estar contracenando com ele, já valeu e como, ele é super bacana, gosto dele como filho, orei muito por ele, na sua recuperação, e Deus deu a cura.Sai feliz dali, feliz por ter contracenado com tão grande ator, agora quero assistir a peça.

  • Marcelo Ferilles disse 10 de maio de 2013 às 11:34

    Poxa, eu moro em São Pedro da Aldeia, a passagem para cá é 45,00 de vinda, 47, de volta, se faço a compra pelo telefone, o ingresso sai mais caro, fica um passeio de 160,00 reais, claro que pelo Reinaldo Gianecchine, vale a pena, pois ele é o cara, mas para a vida de um figurante, uma pessoa comum, fica caro demais, ainda mais eu que moro longe, a peça merece, ela deve ser ótima, estou doido para assistir, essa taxa de conveniencia, não deveria existir, para pessoas que moram fora do RJ. Me desculpe amigos do teatro, mas que sou fã dele, e quero assisti-lo muito, mas para mim fica salgado demais, não sou idoso, tenho 48 anos, não sou estudante, não sou deficiente, a unica deficiencia que tenho, sou baixo, rsrsr, mas esquecem, desejo a todos um maravilhoso espetáculo, porque como o Gianecchine, realmente vai ser um sucesso,

  • Marcelo Ferilles disse 10 de maio de 2013 às 20:51

    Sai de São Pedro da Aldeia, arrumei uma carona, e fui no teatro Leblon, para tentar um ingresso para a estréia, dia 17, mas não consegui, mas não queria ficar fora, comprei um ingresso, super salgado, 65,00, para as minhas condições financeiras, tenho certeza, que a peça vale, que o teatro vale, que o Reinaldo Gianecchine vale muito mais, mas foi salgado, tenho certeza, que se eu encontrasse com ele, ele com certeza me daria um ingresso, mas como acha-lo, alguem tão famoso, sexta-feira vou na estréia, mesmo sem ingresso, quem sabe, eu tenha sorte e consiga entrar, pois sexta para mim é melhor, pois moro longe, e assim já poderei voltar para minha cidade, espero que eu tenha sorte, e que Deus me ajude. Giane otimo espetaculo. ferilles@ig.com.br

  • marcelo lisboa ferilles disse 12 de maio de 2013 às 16:27

    Poxa sai aqui de são pedro da aldeia para comprar um ingresso para assistir a peça Cruel, queria comprar para o dia 16 a moça da bilheteria falou que não tinha para esse numero, insisti, mas ela disse que não tinha, agora to vendo aqui pela internet, que consigo comprar para o dia 16, para mim que moro longe, dia 16 seria otimo, porque pela internet tem para o dia 16 e quando fui ai pessoalmente, poxa sai daqui 02;30 de viajem para comprar e a senhora falou que não tinha e agora tem, como faço para trocar, comprei para dia 18 sabado, para mim é pessimo, mas queria muito assistir, sou fã do Giane, quero trocar pelo dia 16 os telefones só dão ocupado, por favor entre em contato comigo, para que eu possa trocar, 21 92851539 22 26273821 22 99144756
    marcelo lisboa feriljes

  • marcelo lisboa ferilles disse 19 de maio de 2013 às 7:57

    Comprei o ingresso para Sábado, mas moro em São Pedro da Aldeia, e como já estava no RJ, resolvi ir na quinta feira, e um senhor me deu um ingresso, a peça é ótima, Reynaldo Gianecchine é sensacional, o Nando sumiu, ficou cruel. Um dia antes da peça, sonhei com ele, que ele tinha um tigre muito feroz, mas ele dominava o tigre. Tirei foto com ele e com o Erik, com a atris Maria, fiquei sem graça de pedi-la para tirar foto, já que não o conheço.Quando cheguei no Projac, já que faço figuração, fiz a maior propaganda, pessoal se interessou de ir assistir, podia dá um desconto para figurante, o preço tá salgado. Oro sempre pelo Reynaldo, gosto muito dele, como um filho, ele é demais e até me reconheceu., se eu puder, vou assistir de novo, estou convidando a todos para ir assistir, vendi meu ingresso de 60,oo para um amigo por 30,00 pelo menos não fico no prejuizo, amei a peça.parabens, e que Deus abençoe toda a equipe

  • Cristiane Oliveira disse 4 de julho de 2013 às 23:57

    oba irei esse mês assistir o Giane,que emoção!até lá.rsrs

  • Assisti a peça ontem com a minha família e foi maravilhosa, simplesmente um espetáculo!

Deixe seu comentário