Mais Respeito que Sou Tua Mãe!

Sala Marília Pêra

É numa casa modesta do subúrbio que mora Esmeralda Silva, dona de casa esforçada, brigando com a crise econômica. Aos 50 anos, anda preocupada com o desemprego do marido, com o sogro, que planta maconha em casa e com os três filhos adolescentes às voltas com a puberdade. Além disso, ainda tem de lidar com os afrontamentos típicos da menopausa e os desastres domésticos que tantas vezes surgem entre quatro paredes.

Em breves linhas e com os devidos ajustes, está resumida a trama da história que Hernán Casciari foi escrevendo no blog www.mujergorda.bitacoras.com, entre Setembro de 2003 e Julho de 2004. Inaugurando o estilo da “blogonovela”, o escritor e jornalista argentino publicava na Internet os capítulos da vida de uma família inventada, façanha que lhe garantiu o prêmio de melhor blog do mundo em 2005, atribuído pela Deutsche Welle International.

Agora Miguel Falabella traz uma versão brasileira das histórias de Hernán Casciari para os palcos do Rio de Janeiro, em Mais Respeito que Sou Tua Mãe!, também sob sua direção.


TEXTO: HERNÁN CASCIARI
VERSÃO TEATRAL: ANTÓNIO GASALLA
VERSÃO BRASILEIRA E DIREÇÃO: MIGUEL FALABELLA
PRODUÇÃO GERAL: SANDRO CHAIM

ELENCO: CLÁUDIA JIMENEZ, ERNANI MORAES, HENRIQUE CÉSAR, FRANK BORGES, GABRIEL BORGES, SARA FREITAS, SÉFORA RANGEL

CENOGRAFIA: JOSÉ DIAS
FIGURINOS: SÔNIA SOARES
ILUMINAÇÃO: AURÉLIO DE SIMONI
TRILHA SONORA: LEANDRO LAPAGESSE
DESIGN GRÁFICO: VICKA SUAREZ
DESIGN DE VÍDEO: DUDU CHAMON
FOTOS CAMPANHA, PROGRAMA E IMPRENSA: PRISCILA PRADE
ASSESSORIA DE IMPRENSA: IVONE KASSU
PRESTAÇÃO DE CONTAS: COARTE
PRODUTORES ASSOCIADOS: MIGUEL FALABELLA E SANDRO CHAIM
PRODUÇÃO EXECUTIVA-FINANCEIRA: MARINÊS CHAIM
PRODUÇÃO EXECUTIVA: THERÉZE BELLIDO
PRODUTOR ASSISTENTE: ALEXANDRE OLIVEIRA
PLANEJAMENTO DE MÍDIA: LIA RACY
ASSISTENTE DE CENOGRAFIA: ANDRÉ
CENOTECNIA: PAULO FERNANDES (SF CENOGRAFIA, ARTES E EVENTOS)
ADERECISTA: ANTONIETA FARINA
ASSISTENTE DE FIGURINO: VANESSA CLARK
COSTUREIRAS: RACHEL CASTRO E NADIR
MAQUINISTA: PAULO RAMOS
CONTRA-REGRA: LEANDRO MARIZ
CORTINA DE FIBRA ÓTICA: CLÉCIO RÉGIS
OPERAÇÃO DE ÁUDIO E VÍDEO: LEANDRO LAPAGESSE
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL: EDUARDO CHAMON
OPERAÇÃO DE LUZ: MARCOS BILLE
CAMAREIRA: CRISTINA SANTOS



70 comentários
  • o que é ser amigo?
    amigo é aquele
    que se conta sempre
    amigo é aquele que é
    um pedaço da gente
    amigo é aquele
    que está do nosso lado
    amigo é aquele
    que é sempre lembrado
    amigo é aquele
    ombro forte
    amigo é aquele
    fiel até a morte

  • Assisti e recomendo , a peça realmente é muito boa. Fui com minha filha de 15 anos e apesar de piadas e frases “impróprias”
    , ficam leves quando ditas por esses grandes atores. A Cláudia é maravilhosa e todo elenco está de PARABÉNS !!! Somos de Fortaleza e se viesse para nossa cidade assistiríamos de novo,ADORAMOS !!!!!

  • Na Idade Média, era costume acrescentar ao nome de certas pessoas um adjetivo, ou até mesmo um local geográfico, como símbolo de indentificação. Neste caso, é uma negativo: “Maria Helena Albagli Cassinelli, A INCOVENIENTE”, para utilizar aqui uma das novelas mais famosas de Cervantes, no Dom Quixote. Não foi nada fidalga a D. Maria Helena, ainda mais negando-se a pedir desculpas pelas palavras vis, para dizer o mínimo. Não sei como vai ao teatro e desenvolve essa incapacidade aguda e pretendiosa de permanecer na ignorância moral. Recommenda-se-lhe uma superficial leitura do Auto da Compadecida, ou de qualquer peça de Gil Vicente.

  • Olá!
    Esta peça é comédia?

  • É uma SUPER comédia!

  • Júlia Bragança disse 31 de janeiro de 2011 às 3:22

    Assisti a peça pela segunda vez, a primeira foi no início da temporada, e amei de novo. Algo que me marcou e muito foi o crescimento do ator que faz o Cajá, a peça em si melhorou 200% e todos os atores evoluíram muito. Estão de parabéns, a peça já era ótima e agora está perfeita. Se antes eu achava que essa era a melhor peça que eu tinha visto, essa vez me confirmou isso.
    Parabéns a produção, direção e atores.

  • Alessandra Nonato disse 25 de fevereiro de 2011 às 11:11

    Sou professora e estou sempre em teatro. Fui recomendada por amigos e adorei a peça! Atores muito bons, até mesmo os jovens. Cenário bem legal !! Claudia Gimenes como sempre é o destaque geral e com um elenco super show acho que se tornou uma das melhores peças em cartaz. Parabéns.

  • ESTIVE ONTAM PARA PRESTIGIAR ESSA MAGNIFICA PEÇA E RI DEMAIS. FOI PERFEITO. PARABÉNS PELA PEÇA

  • Que peça amravilhosa do começo ,meio e fim ,sai do teatro com vontade de ver novamente. Sucesso para todos.

  • esta peça ainda esta em cartaz?? não esta aparecendo no site.

  • Já acabou a temporada no Rio de Janeiro

  • PEÇA MARAVILHOSA.SE IDENTIFICA MUITO COMIGO.OS ABORRECENTES DEVERIAM ASSISTIR.MAIS RESPEITO Q SOU TUA MÃE.É TUDO QUE OS FILHOS PRECISAM.PENA Q N ESTOU MAIS NO RIO.SOU DE PORTO ALEGRE,QUEM SABE N VEM P CÁ.BJU

  • maria jose araujo dos santos disse 16 de março de 2011 às 11:46

    no dia 17/02/11 fui ver a peça mais respeito que eu sou sua mãe com a claudia jimenes eu sempre fui fã dela e eu ri muito durante a peça porque era muito parecida com minha vida tirando o filho guei e a filha vadia , mais confesso que fiquei muito triste quando ela parou para chamar minha atenção porque eu tava rindo quase que eu sai da sala mais eu estava acompnhada não podia sair eu estava muito feliz naquele dia estava rindo ate de bala perdida acho que eu fui num dia errado se por um acaso eu for ver outra peça vou em um dia que eu tiver ido a um enterro assim não vou rir tanto

  • Gostaria de parabenizar a Cláudia e o Falabella pela peça. Difícil a família que não se depara com problemas semelhantes ao dela.
    Adorei…dei muita risada.

  • Prezada Cleonice,

    Os site de comprar coletiva fazem promoções com os nossos teatros, de vezes em quando.

  • Muito boa o espetáculo…olás o elenco é muito bom….!!
    Parabéns e sucesso.
    Abs.

  • Existe a possibilidade de 2 apresentações desta peça em Cotia Sp ?

    Grata
    Magaly
    Diretora de Cultura

  • Magaly, infelizmente não temos essa informação, desculpa.

  • Ines Maria da Cruz disse 28 de julho de 2011 às 9:32

    Me decepcionei, pensava que com um elenco tão grandioso a peça seria mais interessante.

  • Muito bacana a peça .. nao vejo a hora que volte pra sp que vou ve-la de novo .. muito engraçado e os atores otimoss ..]

Deixe seu comentário