Selfie

Sala Marília Pêra É PROIBIDA A ENTRADA APÓS O INÍCIO DA SESSÃO!

A peça conta a história de Claudio (Mateus Solano),  um homem super conectado que armazena toda a sua vida em computadores, redes sociais e nuvens. Debruçado sobre um projeto de criar um sistema único para armazenamento de todos os dados de uma pessoa, vê seu sonho ir água abaixo quando deixa cair um café em seu equipamento, que sofre uma pane e apaga tudo. Ele então torna-se um homem sem passado, já que não se lembra de nada, pois toda sua memória era virtual. A partir daí, Claudio inicia uma saga em busca da memória perdida, recorrendo a vários personagens de sua vida (onze, ao todo, vividos por Miguel Thiré) para reconstituir sua história.


Idealização: Carlos Grun, Mateus Solano e Miguel Thiré

Texto: Daniela Ocampo  

Direção: Marcos Caruso

Mateus SolanoClaudio

Miguel ThiréPaulista, o amigo técnico / Solange, a mãe / Amanda, a namorada / Álamo, o amigo maconheiro / o Empresário / Suzana Souza, a apresentadora de TV / o Barman / a Mulher do Bar / o Deputado / o Menino / Inocêncio, o velho (personagens por ordem de entrada em cena)

Figurinos: Sol Azulay

Desenho de Luz: Felipe Lourenço

Direção Musical e Trilha Sonora: Lincoln Vargas

Preparação Corporal: Arlindo Teixeira

Fotos: Vitor Zorzal e Guga Melgar

Design Gráfico: Bruno Dante 

Produção: Carlos Grun – Bem Legal Produções

Assessoria de imprensa: João Pontes e Stella Stephany – JSPontes Comunicação

 



Nenhum comentário

Deixe seu comentário