TPM Katrina

Sala Fernanda Montenegro

TPM Katrina é uma comédia com direção de Alexandre Reinecke, texto de Paulo Coronato, com colaboração de Flávia Garrafa. O espetáculo é mais um projeto que conquistou a cena paulistana.

A peça, consagrada pela ótima atuação da atriz Flávia Garrafa, leva ao público o ponto de vista dos homens sobre as intempéries femininas. Um ano e meio depois da estréia, a equipe contabilizava 30 mil espectadores, plateias cheias e muitos elogios.

A dupla de atores interpreta o casal que enfrenta o pico da tensão pré-menstrual da esposa. Sem que o marido consiga abrir a boca, a peça aborda com muita ironia e humor situações alucinantes. Nela, a mulher consegue fantasiar o seu relacionamento nas situações mais absurdas, descontando o efeito dos hormônios descompensados no marido.

Na temporada Paulistana de uma ano e meio de sucesso, Flavia Garrafa e Paulo Coronato mostraram a visão masculina de uma discussão de casal. A esposa, em meio a sua tensão pré-menstrual, envolve o marido em situações absurdas – criadas por sua imaginação – sem lhe dar chance nem mesmo de abrir a boca.

Para a Temporada Carioca, TPM KATRINA vem com uma nova proposta. Paulo Coronato que fazia o marido calado, dará seu lugar para outros atores que queiram sentir na pele a ira dessa mulher alucinada.

A cada fim de semana, Flávia dividirá a cena com uma marido, ou melhor, um ator diferente, o que somará motivos para a platéia se divertir.


Texto: Paulo Coronato / Colaboração: Flavia Garrafa
Direção: Alexandre Reinecke
Elenco: Flávia Garrafa e atores convidados a cada final de semana
Cenário: Márcia Moon
Iluminação: Ari Nagô
Figurinos e Assistência de direção: Carol Mariottini
Fotografia: Alê Rodrigues / Eduardo Mello
Trilha Sonora: Fábio Ock e Zema
Produção Executiva RJ: Claudia Goldstein / Produção Executiva SP: Paula
Tonolli
Assessoria de Imprensa: Usina da Comunicação
Divulgação: Deborah Aguiar
Programação visual: Paulo Pelá



1 comentários
  • Maria Lucia Caetano disse 15 de junho de 2011 às 10:20

    Que bom que o Rio vai ter essa peça e atriz tão boa. Mas o Paulo Coronato tb faz falta atuando ou na tela. O SBT em mais uma de suas trapalhadas, engavetou a telenovela que o Paulo gravou. Mesmo percebendo a falta de audiência nessa novela porcaria e violenta, o burro do Silvio Santos ou suas burras filhas, ainda não resolveram desengavetar e borar no ar a novela em que o Paulo atua. Parabéns, sucesso à todos.

Deixe seu comentário