A Chapeuzinho Vermelho

Teatro Fashion Mall - Sala II

Todos os grandes textos da literatura universal, sobrevivem até os dias atuais devido à sua qualidade dramaturgica. Por serem textos universais, até hoje a platéia consegue se identificar com os personagens, pois os sentimentos são os mesmos. “Chapeuzinho Vermelho” fala da trajetória de uma criança por um caminho desconhecido. Lá, ela encontra o Lobo Mau e se torna necessário enfrentá-lo sozinha, enfrentando assim, seu próprio medo. Nossa Chapeuzinho não é como as mocinhas dos contos de fada, diferente da Cinderela e da Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho desobedece a sua mãe de vez em quando, como toda criança levada. É claro que ela quer comer os doces antes de chegar à casa da vovó, mas prefere esperar, pois aprendeu a importância de se ter paciência. É uma história muito inocente, mas o suficientemente profunda para reunir todos os arquétipos infantis como o medo, a superação deste, a mentira, o desconhecido, a coragem e o poder de acreditar que sua mãe não quer impedi-la de brincar, apenas quer o melhor para ela. A nossa Chapeuzinho mostra o que é certo e o que é errado sem ensinar com como uma lição de moral, mas brincando. Ela só pode perceber seus erros porque erra. É uma heroína imperfeita, pois é humana. E é assim que apostamos que nossas crianças vão aprender: brincando com a fantasia, as lições da realidade em que vivem. Além de chapeuzinho, nossos personagens são figuras próximas à realidade social da criança do mundo contemporâneo. O Lobo mau, que ganhou este apelido ainda na infância, na verdade finge que é mau para assustar os outros, pois no fundo ele está muito chateado de não conseguir arrumar amigos. A Mamãe de Chapeuzinho é uma personagem bem próxima às mamães do novo milênio, usa celular e bolsas modernas. E a Vovó é uma senhora muito corajosa que foge do lobo mau, quando vê que vai ser comida. Chapeuzinho é uma criança com sede de aprendizado, ela sabe que para crescer, é necessário aprender com os erros pelos quais passamos, para nunca mais cometer os mesmos erros. Mais do que isso, ela sabe que sempre que precisar, poderá pedir desculpas, e seguir pelo caminho do bem, que parece ser mais longo, porém é muito mais divertido!!!


Texto e direção : Pitty Webo Elenco: Pitty Webo, Kadu Moratori e Lucianna Magalhães Cenário e figurino: Pitty Webo Assistente de Cenografia: Kadu Moratori Assistente de Figurino: Lulu Preparação Vocal: CTMLA – Centro de Tecnologia Musical: Luciano Alves Iluminação: Kadu Moratori Realização: Pitty Webo



2 comentários

Deixe seu comentário