Cócegas

Teatro Fashion Mall - Sala I

O espetáculo mostra nove esquetes com personagens e textos criados pelas duas atrizes que dão vida a diferentes mulheres do cotidiano: a professora de ginástica que fala sobre a mulher moderna que carrega a casa nas costas, Leandra Borges a modelo anoréxica, (que hoje tem um quadro no Fantástico na TV Globo) as duas mulheres ‘cachorras’, a evangélica, a adolescente Tati que passa os dias reclamando da mãe e fofocando com as amigas, a mulher “encalhada”, Maricson que fala sobre a solidão do casamento e as atrizes figurantes de programas infantis. Em cena, são dirigidas por cinco diretores  que têm em comum o mergulho no universo do humor: Aloísio de Abreu (de Subversões e That’s all besteirol), Sura Berditchevsky (de Um peixe fora d’ água e Diário de um Adolescente Hipocondríaco), Luiz Carlos Tourinho (assistência de direção de D’ Artagnan e os Três Mosqueteiros e Romeu e Julieta) e Marcelo Saback (de A Dama e o Vagabundo e Futuro do Pretérito) dirigem, cada um, dois esquetes. O diretor de TV Régis Faria dirige os vídeos e um esquete do espetáculo. “Pela primeira vez na história do teatro um espetáculo tem mais diretores que atores”, brinca Heloísa.

As estórias mostradas em Cócegas são muito engraçadas, porém tem uma visão profundamente crítica, sem ser um humor apelativo. “É como a própria sensação de cócegas, onde você ri se delicia com o humor, mas tem uma pontinha de incômodo, de questionamento”. diz Ingrid.

A dupla de atrizes se alterna em diferentes papéis e juntas encenam dois quadros hilários que fazem o ponto alto do espetáculo, baseado na química entre as duas assim como nas cenas de improviso e participação da platéia. O espetáculo continua atual e com forte identificação com a platéia.


Direção: Aloísio de Abreu, Luís Carlos Tourinho, Marcelo Saback,
Sura Berdickevsky e Régis Faria

Produção:Astrid Guimarães

Figurino_ Kalma Murtinho

Luz – Aurélio di Simoni

Cenário_ Clívia Cohen

Trilha sonora _ Ricardo Leão

Produção gráfica – René Machado

Fotos – Marcelo Faustini



58 comentários

Deixe seu comentário