Espelho, Espelho Meu!

Sala II

A peça começa com o Corvo de Malévola como narrador, apresentando os personagens centrais Rainha Má, Espelho Mágico, Branca e o Caçador. Porém, ele é interrompido pela terrível Rainha Má, que continua a narrativa até o Espelho Magico lhe dizer que Branca de Neve está viva. Ela, então, pensa em um novo plano: procurar Cinderela, Bela, Elsa e Anna para enfeitiça-las, fazendo com que elas levem para Branca de Neve o líquido do verdadeiro amor, desta vez envenenado. Após bebê-lo, todas as princesas adormecem em um sono profundo. A Rainha Má só não esperava ser traída pelo linguarudo Espelho Mágico que, junto com o Caçador e o Corvo, se juntam ao Príncipe da Branca e vão para a floresta salvar as princesas.

Após o Príncipe beijar Branca de Neve, todas as outras princesas voltam para suas histórias, a Rainha é expulsa e todos vivem felizes… pelo menos até a próxima história! Uma comédia musical em que todas as personagens foram construídas de forma lúdica, usando figurinos e caracterização semelhantes aos dos clássicos musicais infantis.

 


TEXTO e DIREÇÃO Anacleto Carindé
MÚSICAS Pablo Paleologo
DIREÇÃO MUSICAL Jonas Hammar
COREOGRAFIAS Victor Maia e Ariane Rocha
ASSISTENTE DE DIREÇÃO Renato Calvet
FIGURINOS Paulo Kandura
CENÁRIO Mário Pereira e Studio Alfa
PROGRAMAÇÃO VISUAL Renato Calvet
PRODUÇÃO MUSICAL Pablo Paleologo e Garrafa
GRAVAÇÃO DE TRILHA Rafael Garrafa
MIXAGEM DE TRILHA Julius Brito
FOTOS Renato Calvet
PRODUÇÃO EXECUTIVA Beta Brito
DIREÇÃO DE PRODUÇÃO Roy Peres

 



Nenhum comentário

Deixe seu comentário