Robin Hood

Teatro Fashion Mall - Sala I

Você está prestes a conhecer um dos grandes marcos da literatura infanto-juvenil mundial. “ROBIN HOOD” é um dos heróis, sem dúvida, mais revisitados no universo cultural, com suas histórias de aventuras, amor, honra e lealdade, conquistando gerações e gerações por muito tempo. Nossa montagem resgata a história do nobre inglês, que deixou de lado sua riqueza para ajudar os menos favorecidos, criando uma lenda que se perpetuou na história: Robin Hood, que rouba dos ricos para dar aos pobres!

A figura de Robin Hood, em sua estrutura fundamental, é a de um inimigo dos hipócritas e cruéis. Aventuroso e hábil no manejo do arco e da flecha, Robin Hood torna-se, de bandoleiro, um herói simpático pelas suas atitudes em favor dos oprimidos. Poetas e escritores valeram-se da lenda primitiva, bastante ingênua, para acrescentar situações e significados à figura da popular personagem, espelhando a alma da Inglaterra tradicional e simples.

 Ainda hoje em dia pode-se admirar e visitar o famoso bosque de Sherwood, teatro das façanhas de Robin Hood. O governo britânico impediu sua destruição, transformando o lugar numa espécie de parque nacional. Logo de entrada, foi colocada uma estátua do herói.

 Desconhece-se a data exata em que a história original foi composta, mas com certeza remonta à época medieval (talvez entre os anos de 1160 e 1247). Houve muitas versões dela ao longo dos tempos. A mais antiga, sem dúvida, foi escrita em versos e é conhecida sob o título de Robin dos Bosques, constituindo um dos documentos principais das origens da literatura inglesa.

 Na TV, o seriado de 1955, ficou três temporadas em cartaz, reprisado em tudo mundo. Recentemente, a série exibida pela BBC de Londres, foi um dos maiores sucessos entre jovens adolescentes, pela sua estética contemporânea. No cinema, as versões de Errol Flynn (1939) e Kevin Kostner (1991) e a nova versão cinematográfica trazendo Russel Crowne (Gladiator) na pele do “fora-da-lei” inglês, povoam as sessões caseiras

 Os autores Marcello Caridade e Marco Antônio Campos, adaptaram para o teatro em 1987, para o público jovem brasileiro esta velha lenda inglesa, intitulando-a simplesmente pelo nome do personagem central. Em 1992, dirigida por Marcello Caridade, a versão teatral estréia no Teatro Tereza Rachel (Rio de Janeiro) trazendo como o herói, o jovem ator Eduardo Moscovis. Esta montagem ficou em temporada de sucesso absoluto, durante seis meses.

 Nesta nova versão, com o objetivo de atingir não só o público jovem/adulto, mas também o público infantil, o mesmo diretor Marcello Caridade, transformará o espetáculo num musical circense, criando climas “clownescos” para os personagens desta trama que poderia ser passada no Brasil de hoje. Mais uma vez, a direção valoriza o ator em cena. Toda a ambientação do musical “ROBIN HOOD” será composta por 09 (nove) módulos triangulares, movimentados por rodízios, que ora servirão como o Castelo de Nottinghan, ora como o condado, ora como uma taberna, e ainda, como a Floresta de Sherwood.


Texto: MARCO ANTÔNIO CAMPOS e MARCELLO CARIDADE

Direção: MARCELLO CARIDADE

Diretor Assistente: BIA FREITAS

Músicas Originais: MARCELLO CARIDADE e HUGO LOPES

Arranjos e Direção Musical: HUGO LOPES e MAURO COSTA JR.

Preparação Vocal: ANDRÉ GABEH

Coreografias e Direção de Movimento: ÉDIO NUNES

Coreógrafa Residente: ARABEL ISSA

Coreografias Acrobáticas: FELLIPE VENTURINO

Iluminação: DJALMA AMARAL

Concepção de Cenários: RONALD TEIXEIRA

Cenotécnico: EDUARDO CARIDADE e JAYRO BOTELHO

Figurinos: MARCELLO CARIDADE e ZEZÉ CARIDADE

Adereços: NEWTON GALHANO

Confecção de Figurinos: ZEZÉ CARIDADE

Programação Visual: A2 COMUNICAÇÃO

Fotos: RICARDO PRECIOSO

Direção de Produção: MAURICIO JUNIOR MENESES

Realização: CIA. DE REPERTÓRIO DE TEATRO MUSICAL

ELENCO:MARCIO MIRANDA (Robin Hood), MARCO HAZECK (Xerife de Nottinghan), MILLENA PRECIOSO (Marian), RICARDO BRANDÃO (Frei Tuck), BRUNA MÉRIDA (Lucy De Lacy), JOÃO FRAGA (Príncipe João), MARIANA CERRONE (Bess, a Ama), ANTÔNIO MARTINS (Bispo de Hereford), EDU PORTO (Will Scarlate), ANDRÉ PLADEMA (João Pequeno), RAPHAEL TAVARES (Much), DAYVISON FREITAS (Allan Dalle), DANDARA ABREU (Irish), DANIELLE MOURÃO (Djaq), ISABELE MARINHO (Kate), BRUNO LUZES (Guy de Gisborne/Ricardo Coração de Leão), LEONARDO MOREIRA (Errol de Havilland) e THIAGO RIBEIRO (Arthur de Lancelot). 
BRUNO SOUZA (stand in) e FERNANDA ABI-RAMIA (stand in)



16 comentários
  • Amigos queridos Merdaaaaaaaaaaaaa a tds !!!

  • Valentina Rossi disse 4 de outubro de 2011 às 0:41

    Assiste a peça no Municipal de Niterói e achei sucesso. Não duvido que essa temporada seja surpreendente!

  • Mônica Bragança disse 9 de outubro de 2011 às 21:03

    Assisti a peça hoje e me surpreendi… Belíssimo espetáculo!!! Recomendo.

  • Adorei a peça, fui assistir apenas pra passar o tempo e me surpreendi, vale muito à pena!

  • Muito bom o espetáculo. Recomendo a todos com a certeza de que irão adorar. O espetáculo é alegre, sensível e com roteiro, coreografia e trilha sonora impecáveis. Vale a pena assistir

  • Horácio Côrtes disse 10 de outubro de 2011 às 10:25

    Tive a grata satisfação de assistir com minha família neste domingo, uma peça de teatro que podemos chamar de ESPETÁCULO, Robin Hood, a muito tempo não assisto um espetáculo dirigido ao publico infantil, executado com tamanho zelo, Voltaremos com certeza!!!

  • Espetáculo maravilhoso. Parabéns a todos!

  • Sai da peça com meus filhos muito feliz e cantando a música da peça. Cativante!!! Parabéns a todos os envolvidos. Voltaremos com certeza!!

  • Celia Fernandes disse 13 de outubro de 2011 às 17:21

    O espetáculo é maravilhoso, eu fui na estreia e gostei muito… quem não assistiu não perca tempo… VÁ!!!!

  • Bruno Fernandes disse 13 de outubro de 2011 às 17:25

    É um espetáculo como a muito tempo não se vê, tem ação, musica, dança; o espetáculo prende a atenção de adultos e crianças. Eu recomendo a quem curti um bom espetáculo, não deixe passar essa oportunidade!!

  • Nós somos Robin Hooooooooooood
    Sucesso !!!!

  • Grande elenco, espetáculo maravilhoso.

  • Assisti a peça no teatro Abel e achei um arraso. Recomendo a todas as pessoas de Bom Gosto que façam o mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    O ator João Fraga que interpretou o príncipe deu um show à parte.

  • Adorei a peça!! A personagem Bess, a ama, feita pela atriz Mariana Cerrone dá um show e é muito divertida!!! Adorei!! Vale a pena!!

  • Alexandre e Lucas disse 20 de novembro de 2011 às 18:40

    Gostaria de parabenizar à todos os envolvidos neste espetáculo. Uma peça agradável, bem contada, com atores excelentes. Uma ótima tarde eu e meu filho Lucas tivemos, uma agradável surpresa a qualidade e bom gosto do espetáculo. Meus parabéns à todos!

  • Flavia, a peça não está masi em nossos teatros, por isso não temos como responder.

Deixe seu comentário